Quem é você na hora de fazer um controle financeiro empresarial?

Quem é você na hora de fazer um controle financeiro empresarial?

Empresas não são todas iguais, e provavelmente você já percebeu isso ao longo da sua trajetória como dono de um negócio. 

Cada uma tem as suas particularidades e os desafios exclusivos do seu segmento de atuação. Mas, uma coisa é certa: seja qual for o porte ou o mercado, o sucesso só vem com trabalho duro e estratégia.

E quando falamos de trabalho, nunca é demais para destacar a importância do controle financeiro empresarial. Essa tarefa faz parte da rotina de todos os empreendedores que se preocupam em atingir melhores resultados, reduzir custos e otimizar investimentos. 

Porém, até na hora de fazer esse controle as empresas não são iguais - ou melhor, os métodos usados pelos empreendedores são diferentes. 

Existem aqueles mais analógicos e que não dispensam papel e caneta, e há também quem prefira manter tudo na tela do computador ou celular.

Que tal descobrir qual é o seu perfil na hora de fazer o controle empresarial? Faça o teste que preparamos logo abaixo e descubra! Vamos lá?

 

O que é controle financeiro empresarial?

Controle financeiro empresarial é o conjunto de ações (fiscalização, monitoramento e acompanhamento do fluxo do dinheiro da empresa com objetivo manter as contas em dia, evitar prejuízos, zelar pela saúde financeira do negócio e garantir seu crescimento.

O controle financeiro  pode englobar tarefas como:

Todas essas atividades constroem um controle financeiro eficiente.

Quem é você na hora de fazer o controle financeiro empresarial?

Não há regras ou um método previamente estabelecido na hora de criar e alimentar um controle financeiro empresarial, cada empreendedor é livre para escolher a forma que melhor funciona para o seu negócio.

Quer saber quem é você na hora de fazer essa tarefa? Acompanhe alguns dos perfis e veja em qual se encaixa!

Minha agenda, minha vida!

Agendas, planners e livros-caixa de papel nunca saem de moda. Mesmo com todas as tecnologias criadas para substituir esses materiais, tem muito dono de negócio que não abre mão do tradicional papel e caneta.

Não há nada errado em fazer um controle financeiro empresarial escrito assim. Mas, quem gosta de anotar tudo à mão precisa reservar um espaço de tempo maior para colocar tudo em ordem, além de precisar dar muito mais atenção para não cometer erros. 

Outro desafio enfrentado é a transferência de informações. Se for necessário passá-las para um contador ou funcionário, o jeito é emprestar o caderno, tirar xerox ou fazer uma cópia do material. Ou seja, não é a forma mais prática e eficiente de compartilhar dados.

Por fim, também há o desafio de guardar as informações com segurança. Como tudo vai para o papel, é importante ter um arquivo bem organizado para evitar perdas e também danos aos registros - algo que um simples copo de água pode fazer!

Rei da planilha

Muitos empreendedores já deixaram o papel um pouco de lado e descobriram que usar planilhas para manter o controle financeiro em dia é mais prático. 

Durante muito tempo, as planilhas foram os principais substitutos do livro-caixa e outras formas de controle manuais. Isso fez com que muitas pessoas se tornassem  experts na criação e manutenção delas.

Na verdade, o mundo empresarial tem muitos reis das planilhas, aqueles que sabem usá-las para montar gráficos, aproveitam todas as funções matemáticas e constroem tabelas incrivelmente visuais e bem feitas. 

Mesmo sabendo que já existem ferramentas tecnológicas mais práticas — que registram dados automaticamente e não dependem de digitação —, os experts não trocam o bom e velho Excel por nada.

Quem trabalha assim não conta com a dificuldade para construir as planilhas, isso ele já domina! O principal ponto é a atenção necessária para digitar tudo certinho e construir as funções sem erros, já que qualquer deslize pode atrapalhar os processos de controle financeiro e resultados finais. 

Surfista da tecnologia

O surfista da tecnologia sabe que existem ondas melhores para além das planilhas. Ele já descobriu que a transformação digital ajuda a sua rotina e, portanto, não abre mão de conhecer novidades, como apps e sistemas que contribuem para o controle financeiro empresarial.

Apesar de usar algumas ferramentas digitais para facilitar o dia a dia, esse perfil de empreendedor geralmente mescla um pouco de planilha, papel e caneta na rotina também. Porém, ele já entendeu que certas atividades podem ser automatizadas para que ele use seu tempo em tarefas mais estratégicas, como entender o que está na crista da onda.

Se você se encaixa nesse perfil, já deve ter percebido que o computador e o celular são seus grandes aliados!

Você pode usar sistemas em nuvem acessíveis por esses dispositivos e também alguns aplicativos para facilitar o controle das finanças e a visualização de dados.

Empreendedor nível expert

O empreendedor nível expert é aquele que já entendeu a missão da tecnologia como a mais nobre possível: simplificar sua rotina, evitar erros e contribuir para uma melhor gestão financeira.

Aqui, entram todos os donos de negócios que encaram papel e caneta como coisas pré-históricas e planilhas como algo fora de moda. Esse perfil não abre mão de usar ferramentas como sistemas de gestão, ERPs, CRMs, softwares em nuvem ou plataformas de controle financeiro empresarial.

Por que garantir uma boa gestão financeira? 

A resposta é simples: para que seu negócio prospere! Sem controle financeiro empresarial, você não consegue ter visibilidade sobre pontos-chave para o sucesso do seu negócio, o que impede que as melhores decisões sejam tomadas. 

O controle das finanças ajuda não só a manter as contas no verde, mas também é essencial para entender o cenário atual. Quando você está munido de informações sobre suas finanças, consegue compreender o contexto em que sua empresa se encontra, e  é capaz de fazer projeções de resultados mais assertivas. 

Até quando os imprevistos aparecem, o controle financeiro faz a diferença. Diante de uma situação fora do comum, é preciso fazer escolhas estratégicas, o que acontece com menos estresse (e risco) quando você conhece a realidade do caixa. 

Por fim, não se esqueça que o controle financeiro empresarial é o primeiro passo para criar a trajetória da sua empresa. Com base nos dados financeiros, você será capaz de entender onde pode chegar, o que permite um plano de metas realistas e executáveis.


Publicado em: 29/12/2021 08:00:00
Facebook Twitter Google Plus LinkedIn Whatsapp
Montreal Contabilidade

Abra sua empresa

Conte com a Montreal para agregar valor ao seu negócio. Converse com a gente!