Reserva de emergência: a sua rede de proteção para imprevistos

Reserva de emergência: a sua rede de proteção para imprevistos

Um dos programas mais legais de entretenimento para fazer é ir ao circo.

Quando criança, a torcida e esperança de que um circo parasse na cidade sempre eram grandes.

Sempre que isso acontecia, a felicidade e curiosidade em ver todos os números e artistas estavam no rosto de cada criança.

 

Hoje, a magia do circo ganhou ainda mais escala e virou um negócio mundial. O Cirque du Soleil, empresa canadense de entretenimento e maior produtora teatral do mundo, investe milhões em produções cinematográficas que mantêm acesa a chama do espetáculo com grandes performances para o deleite do respeitável público, agora formado por crianças e adultos ansiosos por grandes apresentações. E o mais legal é que uma simples ida ao circo pode nos ensinar muita coisa sobre gerenciamento de riscos e proteção, fundamentais em planejamento financeiro pessoal.

 

Durante a apresentação percebemos que vários números envolvem situações de risco e grande perigo, por isso todo cuidado é pouco. Planejamento e treinamento contínuo fazem parte da rotina de todos os artistas para que tudo saia perfeito. Dentro do desenho do espetáculo, cada etapa é prevista e, caso erros aconteçam, existem proteções para evitar situações graves que prejudiquem a apresentação e coloquem em risco a vida dos artistas.

 

O exemplo clássico é o trapézio. Durante o número são realizadas acrobacias aéreas a alguns metros do chão, extremamente técnicas e perigosas. Qualquer erro pode provocar a queda do trapezista, gerando sérios ferimentos e até a morte. Dado o risco, na grande maioria dos espetáculos, há uma rede de proteção embaixo para proteger o artista, afinal, imprevistos podem acontecer.

 

Este exemplo é simbólico e podemos utilizar para o nosso dia a dia quando falamos de uma reserva de emergência financeira. Como uma rede para o trapezista, o propósito da reserva de emergência é nos proteger de imprevistos em nosso orçamento.

 

É claro que não temos controle sobre situações emergenciais que podem acontecer, todavia, podemos nos precaver possuindo uma reserva financeira acessível. Essas situações podem ser negativas, como despesas extras, acidentes, doenças, etc. Ou até mesmo positivas, como uma grande oportunidade profissional que requer gastos imediatos ou até mesmo um convite de casamento inesperado. Para tanto, precisamos de recursos financeiros para cobrir um eventual fluxo de caixa negativo em nosso orçamento.

 

Nesse sentido, a reserva de emergência ideal é aquela segura e com liquidez imediata. O objetivo não é rentabilidade e sim acessibilidade. É preciso conseguir acessá-la rapidamente com muita facilidade. Portanto, busque aplicações vinculadas a sua conta corrente com possibilidade de resgate em qualquer dia da semana. Ou seja, como um trapezista, tenha sua reserva de emergência sempre, como uma rede de proteção, para te proteger contra qualquer imprevisto.

 

Planeje e seja feliz!

 

*Renan Lima é graduado em Economia pela Universidade Federal do Espírito Santo, Especialista em Economia Comportamental pela ESPM e Planejador Financeiro CFP®. Atuou no Financial Times Group – Merger Market, em Londres, Inglaterra e Trainee nas Lojas Riachuelo S.A.. Foi membro do Instituto Líderes do Amanhã, Cindes Jovem (entidade sem fins lucrativos do Sistema FINDES), Laboratório Estudar, programa de formação de lideranças da Fundação Estudar e Professor na Fucape Business School, entre as 10 melhores faculdades do país. Atualmente, é sócio da Alphamar Investimentos, Embaixador e membro da Comissão de Advocacy da Planejar (Associação Brasileira de Planejadores Financeiros).


Publicado em: 08/10/2019 08:00:00
Facebook Twitter Google Plus LinkedIn Whatsapp
Montreal Contabilidade

Abra sua empresa

Conte com a Montreal para agregar valor ao seu negócio. Converse com a gente!